Carreira

Veja como agir para tirar as ideias do papel e ter um negócio próprio

Muitas pessoas dizem ter na cabeça um turbilhão de ideias. São propostas para produtos inéditos, empresas criativas, soluções brilhantes. No entanto, essas mesmas pessoas têm dificuldades em colocar isso no papel e dar os primeiros passos de um negócio próprio.

Se você se identifica com essa situação, talvez o que falta em você seja identificar a solução que seu negócio oferecer, estudar seus possíveis concorrentes e buscar parcerias.

Quer saber mais? Então acompanhe este texto e descubra algumas atitudes para estruturar suas ideias e começar a criar seu negócio. Confira!

Identifique a necessidade dos seus clientes

A primeira coisa que deve ser feita para tirar sua ideia do papel é saber qual é a necessidade que aquele produto ou serviço vai suprir. Para descobrir isso, tente responder, por exemplo, por que seu negócio é importante ou quais problemas ele pode resolver.

Definido isso, determine seus possíveis clientes, ou seja, quais são as pessoas que eventualmente vão se interessar em adquirir seu produto. Pense em aspectos como gênero, idade e região. Para ajudar nisso, faça entrevistas com pessoas e leia sobre pesquisas de comportamento. Assim, seu negócio já vai sair do papel bastante direcionado para um público interessado.

Conheça a sua concorrência

Não faz sentido começar um novo negócio para oferecer algo que já está disponível no mercado. Então, estude a provável concorrência do seu produto para descobrir quais soluções já existem no segmento de mercado em que você pretende atuar.

Faça um levantamento dos pontos positivos e desvantagens dos concorrentes e, a partir deles, reflita se seu produto tem realmente um diferencial. Com esse tipo de pesquisa, você pode até fazer melhorias no seu futuro negócio. Assim, será possível apresentar algo melhor do que as pessoas já costumam consumir.

Faça testes com seu produto

Agora que você já verificou que seu negócio próprio é inédito e tem grande potencial de sucesso, você precisa testá-lo. Dependendo do seu produto, convide parte do público de interesse para experimentar.

Nessa fase, é importante explicar que você está ainda desenvolvendo o seu negócio e que, portanto, precisa saber da opinião de alguém. Acompanhe todo o processo de experimentação. Tome nota e elabore uma planilha recolhendo os detalhes positivos e os pontos que precisam melhorar. Sempre que necessário, faça mudanças no projeto.

Conte com a ajuda de parceiros em seu negócio próprio

Depois que você já visualizou como será o seu negócio, que tal convidar parceiros? Com a cooperação de pessoas de outras áreas, vai ser possível receber contribuições tão ricas que você não conseguiria sozinho.

Por exemplo, convide aquela sua amiga que entende de mídias sociais para divulgar o seu produto, ou aquele colega que cursa Administração para dar dicas de planejamento estratégico. Com a ajuda deles, você vai conseguir deslanchar seu empreendimento de maneira mais consistente.

Essas são algumas sugestões para você tirar do papel e começar a colocar em prática um negócio próprio. Além delas, vale dizer ainda que é sempre bom ter um planejamento financeiro. Calcule quais etapas do desenvolvimento do seu negócio vão precisar de dinheiro e procure condições para captação de recursos para seu negócio. Com um bom planejamento, aquilo que está no mundo dos seus sonhos vai virar realidade.

E aí, você já tem algum negócio em mente? Deixe seu comentário!

Sobre o autor

Fernando Novais da Silva

Professor e Consultor, interessado em educação, arte, criatividade e empreendedorismo

Deixar comentário.

Share This