Carreira

Curso de enfermagem: conheça e entenda como funciona o mercado

Estar perto de pessoas, lidar com elas, seus medos, dores, anseios e dificuldades são fatores que exigem dos interessados no curso de enfermagem muita disciplina, estudos constantes e trabalho em equipe.

Se seu coração se aperta diante da imagem de uma criança com dores, idosos em situação de fraqueza ou pais que temporariamente não reúnem condições de cuidar de suas famílias, parabéns! Você é um sério candidato a ingressar nessa carreira.

Confira a seguir qual o perfil necessário, grade curricular, quais as principais atividades e possibilidades presentes nessa carreira árdua e gratificante, que recebe todos os dias a missão de cuidar de vidas.

História da enfermagem

Práticas de tratamento de doenças e feridos de guerra remontam aos primórdios.

Algumas culturas consideravam doenças como castigo dos deuses, chegando mesmo a abandonar as pessoas doentes de forma a não compartilhar seu castigo com os demais.

Entretanto, existem registros que remetem a tratamentos no antigo Egito, China, Índia, na região da Palestina e Israel.

Documentos antigos revelam que os hindus foram os primeiros a citarem enfermeiros em sua história, deixando claro que exigiam deles qualidades morais e conhecimentos científicos.

Após Hipócrates trabalhar fortemente para mudar os conceitos de cuidados com a saúde da época, dando origem à medicina como ciência, a enfermagem pôde então evoluir e aperfeiçoar suas técnicas de tratamento.

Atualmente, essa área possibilita várias oportunidades, dependendo da especialização escolhida e de sua vocação.

Características do profissional de enfermagem

O profissional formado no curso de enfermagem deve estar apto a se engajar na arte de cuidar de pessoas.

Para isso, é preciso aplicar os conhecimentos teóricos e práticos adquiridos ao longo do curso, sempre com o objetivo maior de zelar pelo bem-estar e pela boa saúde do paciente.

Essa tarefa pode se tornar árdua — pessoas em tratamento estão fora de sua zona de conforto, debilitadas e com restrições de alimentação e das atividades cotidianas.

Por isso, é necessário o exercício constante do humanismo, somado à disciplina e ao conhecimento, tendo a certeza de que suas ações são a melhor opção para o paciente, e que ele deve seguir suas orientações, visando uma boa recuperação.

Paciência, compreensão, firmeza e seriedade ajudarão esse profissional a executar seu trabalho. Essas características são necessárias para que o paciente entenda que o enfermeiro é um profissional capacitado para determinar e tomar atitudes que reduzirão os tempos de tratamento e de espera.

Atribuições

O curso de enfermagem prepara o futuro profissional para prestar primeiros socorros, administrar medicamentos, coletar material para exames, aplicar vacinas e auxiliar médicos em cirurgias.

Assim como os médicos, esses profissionais não podem errar. Seu trabalho vai além da teoria e dos conceitos aprendidos nas salas de aula e laboratórios.

Coletar material para exames em pessoas que se apavoram diante de uma seringa, lidar com crianças de todas as idades, cuidar de pacientes em coma há meses ou de idosos frágeis e em estado crítico de saúde são situações que transformam essas atividades em ações grandiosas e de suma importância.

Grade curricular

No curso de enfermagem, o aluno receberá os conceitos e matérias que o capacitarão a exercer essa profissão. Listamos abaixo algumas das disciplinas cursadas para você se familiarizar com o conteúdo:

  • Administração de Medicamentos;
  • Anatomia Humana;
  • Bioquímica;
  • Biossegurança;
  • Clínica de Enfermagem (atendimento real aos pacientes);
  • Enfermagem Geriátrica;
  • Enfermagem para a Saúde do Adulto;
  • Enfermagem Pediátrica;
  • Farmacologia;
  • Fisiologia;
  • Imunologia;
  • Microbiologia;
  • Patologia;
  • Práticas da Enfermagem na Saúde Coletiva;
  • Psicologia;
  • Técnicas de Enfermagem.

As matérias acima dão uma mostra do vasto conteúdo que envolve o curso de enfermagem, assim como a necessidade do profissional entender quais as possibilidades de especialização futura, que podem trazer mais oportunidades de realização profissional e melhor remuneração.

Possibilidades

Muitos caminhos promissores estão reservados aos que se identificarem com essa profissão. São caminhos compostos por estudos constantes — como em todas as carreiras —, disciplina e dedicação, alimentados pelo amor à carreira especializada em cuidar de pessoas. 

Depois de formado no curso de enfermagem, as várias possibilidades de especialização incluem as seguintes áreas:

  • Enfermagem geral, em que o profissional atua na orientação e coordenação de equipes de auxiliares e técnicos de enfermagem;
  • Enfermagem médico-cirúrgica, com atuação específica em cirurgias de médio e alto riscos.
  • Enfermagem de resgate, com atuação em situações de emergência, em casos de calamidades ou acidentes de grandes proporções;
  • Obstetrícia, pediatria e geriatria, no assessoramento aos médicos dessas especialidades e atuando na orientação da saúde desses públicos.

É importante salientar que as áreas citadas são específicas e com demanda em alta, tendo em vista o crescimento da população e o aumento na expectativa de vida.

Se seu sonho é atuar em grandes empresas, saiba que a preocupação com a saúde dos trabalhadores tem sido crescente, principalmente por estar ligada à produtividade e à qualidade de vida.

Em qualquer uma das áreas citadas, as possibilidades de crescimento profissional e melhor remuneração são reais e frequentes. Basta escolher a área com a qual você mais se identifica e colocar toda sua dedicação e disciplina nos estudos para colher bons frutos em seu trabalho.

Faculdade ou curso técnico?

A resposta a essa pergunta depende do tipo de atuação que você pretende. 

O técnico em enfermagem atua em funções básicas de atendimento, dedicando o mesmo cuidado aos pacientes, com a mesma responsabilidade e atenção.

As funções básicas, entretanto, não alcançam a mesma remuneração do profissional de enfermagem, e as possibilidades de projeção de carreira e cargos de liderança são reservadas àqueles graduados e com especialização.

Quem opta pelo curso superior de enfermagem tem responsabilidades muito maiores, obviamente. A graduação permite atuar em cargos de coordenação, com remuneração compatível com sua formação e especialização.

Então, se seu projeto de vida consiste em cuidar de pessoas, ajudando e orientando em como ter uma vida saudável e com mais qualidade de vida, os requisitos primários para cursar a faculdade de enfermagem você já tem.

Se, além disso, você espera de sua carreira a possibilidade do exercício constante do humanismo, um forte retorno emocional, amadurecimento pessoal e ainda flexibilidade de horários, não espere mais!

Venha conhecer mais sobre o curso de enfermagem: entre em contato com a Faculdade São Fidélis!

Sobre o autor

Fernando Novais da Silva

Professor e Consultor, interessado em educação, arte, criatividade e empreendedorismo

Deixar comentário.

Share This