Carreira

Como usar a técnica pomodoro para estudar?

Você sente que não consegue estudar todas as matérias que se propôs para o seu dia? Que está sempre distraído e agitado e facilmente perde a concentração na hora de fazer um exercício de matemática ou escrever uma redação? Você conhece a técnica pomodoro para estudar?

A técnica pomodoro foi criada pelo estudante italiano Franceso Cirillo no final da década de oitenta. Cansado de sempre perder a concentração, Franceso ajustou um timer de cozinha em formato de tomate — pomodoro, em italiano — e decidiu estudar com foco até que ele apitasse. Deu certo!

A partir dessa experiência, Franceso desenvolveu uma metodologia muito eficiente para estudar melhor otimizando tempo e estudo.

Pensando nisso, mostraremos no post a seguir como funciona essa técnica e como você pode usá-la hoje mesmo para estudar. Confira!

Como usar a técnica pomodoro para estudar?

1. Crie uma lista de afazeres e tarefas no começo do dia

A primeira coisa que você deve fazer é selecionar uma folha de papel, uma planilha do Excel ou qualquer aplicativo de organização de tempo e criar uma lista de tarefas. Ela pode conter, por exemplo, as matérias em que você tem que se concentrar naquele dia ou os exercícios que você precisa revisar.

Não precisa ser nada muito complexo, só não esqueça de escrever todas as suas atividades e objetivos. Uma boa dica é dividir as tarefas em duas colunas, uma com as tarefas planejadas e a outra com as tarefas não planejadas. 

2. Realize as tarefas

É na execução das tarefas que a técnica pomodoro se destaca das demais. Nessa parte, você vai necessariamente precisar de um timer. Não precisa ser necessariamente um de cozinha como foi usado pelo Franceso. Qualquer relógio ou aplicativo que tenha essa função pode ser empregado.

Cronometre no timer exatos vinte e cinco minutos e comece a estudar ou a realizar o objetivo que você se escolheu. O importante é fazer essa tarefa sem qualquer tipo de distração. Então, não vale dar uma checada no celular ou nas redes sociais. É preciso ter muito foco!

Se aparecer algo urgente, tudo bem. Pare o timer e recomece em outro momento. Se, na hora em que estiver estudando, você lembrar de alguma outra atividade pendente, anote na sua lista de fazeres não planejadas e deixe para outra ocasião.

Quando o timer apitar, pare, independentemente de ter cumprido a tarefa ou não. Tire cinco minutos de descanso e depois volte para uma sessão de estudos.

Depois de quatro pomodoros — nome dos intervalos de vinte e cinco minutos — tire um descanso maior, de, pelo menos, meia hora!

3. Pense e analise os seus resultados

No começo, é importante executar a técnica pomodoro de forma rígida, usando as regras dos vinte e cinco minutos de concentração, pause de cinco minutos e de trinta minutos de descanso a cada quatro pomodori.

No entanto, conforme você for se acostumando com essa metodologia, poderá fazer algumas adaptações conforme achar necessário.

Muitas vezes, por exemplo, a leitura de um texto ou uma redação pode demorar mais tempo para ser feita ou você vai precisar de um pouquinho mais de descanso depois de resolver alguns problemas complicados de matemática.

O importante a ser mantido sempre, portanto, é a lista de tarefas, o foco e a concentração intensa, a ausência de distrações no momento do estudo e as pausas esporádicas para o cérebro conseguir dar aquela descansada. Dessa forma, você se mantém organizado para estudar com qualidade!

Curtiu aprender sobre a técnica pomodoro para estudar? Então, não se esqueça de deixar um comentário nos contando sua opinião sobre o assunto!

 

Sobre o autor

Fernando Novais da Silva

Professor e Consultor, interessado em educação, arte, criatividade e empreendedorismo

Deixar comentário.

Share This